top of page

Transplante capilar: evolução e técnica.


Ao longo da história do transplante capilar, o método se tornou um dos mais eficientes contra a calvície. Devido a alguns tipos de doenças que causam a queda de cabelo serem irreversíveis, como a alopecia androgenética, muitos pacientes optam por realizar este procedimento para a reconstrução dos fios.


A área de transplante capilar passou por avanços significativos nas últimas décadas. Embora os primeiros relatos dessa cirurgia remontem ao período da Segunda Guerra Mundial no Japão, com pioneiros como Sasagawa e Okuda em 1930, e Tamura em 1943, foi apenas a partir dos anos 1950 que o transplante capilar se consolidou como uma técnica eficaz. Nessa época, os fios transplantados demonstraram a capacidade de manter suas características naturais e crescer normalmente mesmo na região afetada pela calvície.


Foi a partir da década de 1980 que o transplante capilar teve mais avanços significativos, principalmente com relação à naturalidade do resultado. Foi nessa década, aliás, que começaram a surgir técnicas que, mais tarde, seriam conhecidas como o transplante FUE (Follicular Unit Extraction).


Até então, as técnicas eram feitas com grandes punches do couro cabeludo, que davam o aspecto de “cabelo falso” no paciente. Tempos depois, evoluiu para a FUT, ou seja, a retirada de uma faixa de couro cabeludo de orelha a orelha com a separação dos folículos em nível de microscópio.


A medicina, principalmente a dermatológica, precisou passar por um longo caminho até chegar ao transplante FUE, uma das técnicas preferidas por médicos e pacientes. A técnica modernizada, conhecida como FUE, envolve a extração meticulosa dos folículos capilares, utilizando um instrumento chamado punch, com diâmetro de 0,8 mm. Diferentemente do método que envolve a remoção de grandes quantidades de folículos para posterior separação, a técnica FUE adota uma abordagem de extração e transplante em unidades individuais. Esse procedimento proporciona maior conforto ao paciente e resultados mais rápidos devido à redução do trauma e à ausência de cicatrizes lineares.

O Centro Médico Capilar utiliza os mais modernos equipamentos da atualidade em nossos transplantes. Micro motores, punchs, microscópios flexíveis e iluminação óptica foram importados da Alemanha e EUA a fim de garantir excelência no tratamento capilar, buscando sempre o conforto e segurança de seus pacientes.


40 visualizações0 comentário

Comments


fale conosco PNG.png
bottom of page